Vereadores de Iranduba decidem apurar denúncia contra prefeito Chico Doido

Por 7 votos a 3, os vereadores da Câmara Municipal de Iranduba decidiram seguir com os trabalhos da Comissão Processante que investigará denúncias de crime político contra o prefeito Francisco Gomes da Silva (DEM), o Chico Doido. (Veja o documento no fim da matéria)

Os votos seguiram o parecer do relator da comissão processante e o resultado foi proclamado pelo presidente da Câmara, Alessandro Carbajal (Podemos).

O prefeito é acusado de recolher e não repassar recursos previdenciários na ordem de R$ 4,2 milhões durante o exercício financeiro de 2017. 

A Comissão Processante que passará a apurar crimes políticos administrativos possivelmente cometidos pelo prefeito de Iranduba foi instaurada pela Portaria nº 045/2018. Os trabalhos iniciaram no dia 13 de novembro deste ano após uma denúncia formulada por uma servidora municipal.

No dia 26 de novembro, o prefeito ingressou com um mandado de segurança pedindo ao Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) que suspendesse os efeitos da Comissão Processante e, consequentemente, o arquivamento da denúncia. O pedido não foi aceito e os vereadores passarão a apurar o caso.

Veja o resultado da votação