Vereadores de Santa Isabel denunciam falta de merenda e infraestrutura em escola municipal

Os vereadores de Santa Isabel do Rio Negro (a 865 quilômetros de Manaus) denunciaram que as escolas municipais chegaram a ter as aulas suspensas por falta de merenda escolar e de material básico para administração dos locais.

As denúncias foram feitas após uma visita dos vereadores Charlem Ferreira de Albuquerque (PRP), conhecido como Neném Ganso, e Maria Elisângela (MDB), convidados pelo Sindicato dos Professores para verificar a situação nas escolas.

“A Escola Municipal Tenente Brigadeiro estava sem aula, sem ar condicionado, faltava merenda, faltava material de expediente, enfim faltava quase tudo, desde o básico, para o bom funcionamento e acesso aos alunos”, denunciou o vereador Charlem Albuquerque.

Durante as visitas, os vereadores constataram, ainda, que a Escola Municipal Irmã Teresinha está funcionando, precariamente, no Centro do Idoso do município. Segundo informações repassadas aos vereadores, o imóvel onde funciona a escola está em obras.

“A escola teve que mudar de local por causa de uma reforma que até hoje não foi concluída e as crianças estão estudando, provisoriamente, no Centro do Idoso, à tarde. Ou seja, está tudo errado”, disse o vereador.

Ele informou que, após as visitas e a constatação das irregularidades, a Prefeitura de Santa Isabel do Rio Negro encaminhou itens da merenda escolar para a Escola Municipal Tenente Brigadeiro, mas o caso deve ser encaminhado para o conhecimento do Ministério Público do Estado (MPE-AM).