Vestido com camisa da deputada Joana D’arc, secretário de Wilson Lima promete distribuição de lotes de terra (ver vídeos e áudios)

A promessa foi feita durante reunião na comunidade V, bairro Nova Cidade, zona Norte de Manaus

joana-darc-2

O secretário executivo de Direitos da Criança e Adolescente (Sedca) na gestão do governador Wilson Lima (União Brasil), vestindo uma camisa com o nome da deputada estadual e candidata a reeleição, Joana Darc (União Brasil), Ernandes Herculano, aparece em vídeo prometendo lotes de terra, através da Superintendência de Habitação do Amazonas (Suhab), durante reunião com moradores do conjunto Cidadão V (comunidade David Almeida), bairro Nova Cidade, zona Norte de Manaus.

Em um dos vídeos repassados ao Radar, o secretário afirma que está ali representando uma deputada estadual e que vai se esforçar para os terrenos saírem antes das eleições deste ano. Ele orienta como fazer o documento para conseguir o que ele chamada de “espaço de terra”. O caso foi repassado ao Radar Amazônico por meio de uma denúncia anônima enviada à reportagem nessa segunda-feira (6). O Radar somente publicou o texto após apurar todas as informações e receber as fotos e os vídeos.

Conforme a denúncia enviada à reportagem, as orientações aconteceram em uma reunião realizada na última sexta-feira (4). Ainda segundo a denúncia, o governador Wilson Lima liberou secretários “para tocar a devassa”.

“Esse secretário (Ernandes Herculano) está à disposição da Joana (Darc). Na verdade, o governador liberou pessoas de algumas secretarias para tocar a devassa. Eles estão apelando, levando rancho, etc. Não tem nenhuma casa liberada pela Suhab, não existe um projeto habitacional pronto para entregar casas de forma imediata”, afirma o denunciante.

Um vídeo enviado ao Radar Amazônico mostra Ernandes Herculano ao lado de uma mulher citada como líder comunitária agradecendo o apoio dos moradores da comunidade e dizendo que o único objetivo “é ajudar a comunidade” (veja vídeo no final da matéria). Neste mesmo local, essa líder comunitária também aparece ao lado de outro pré-candidato a deputado estadual, o apresentador da TV A Crítica, do programa ‘Alô Cidade’ (antigamente chamado ‘Alô Amazonas’ e apresentando pelo agora governador Wilson Lima), Mário César Filho Mario.

joana darc 4

Foto: Reprodução

A reportagem teve acesso com exclusividade, aos áudios (ouça no final da matéria) de um grupo de WhatsApp, a respeito do tal cadastro para conseguir lotes de terra. Um homem não identificado, critica em um dos áudios o cadastro para loteamento de terrenos e diz que teve que pagar R$ 10 para uma mulher para se cadastrar.

“O golpe está aí, cai quem quer. Essa “véia” tá usando a gente pra tirar dinheiro negócio de pedir CPF e título de eleitor. Eleição está aí, quem é besta vai lá. Negócio que ela promete lote, pedindo dinheiro. É safadeza! Todos os protocolos são a mesma numeração”, disse. Logo em seguida, a mulher responde: “não precisa ligar pra Suhab não, tu mesmo vê, seu otário. Só averiguar o número do processo, o processo rola”. O homem e a mulher trocam insultos no grupo de WhatsApp.

Distribuição de calendários

Na mesma denúncia, foram enviadas ao Radar fotos de calendários com propaganda política que teriam sido distribuídos em uma reunião realizada no último fim de semana, no município de Urucará (a 259 quilômetros de Manaus), por membros da equipe da deputada estadual Joana Darc.

joana darc 2

Foto: Divulgação

Resposta

O Radar Amazônico procurou respostas com o governo do Estado e com a assessoria de comunicação da deputada estadual Joana Darc cobrando um posicionamento a respeito das denúncias enviadas à reportagem, mas após 24h quando da publicação desta matéria, ainda não havia resposta, mas o espaço está aberto para esclarecimentos.

Ouça áudios

Confira os vídeos