Vídeo mostra Dr. Jairinho recebendo lanche de diretor de presídio; MP investiga (ver vídeo)

Imagens de câmeras de segurança do sistema penitenciário fluminense mostram o vereador carioca Dr. Jairinho, preso pela morte do enteado, o menino Henry Borelganhando um lanche do diretor do Presídio de Benfica.

As imagens foram publicadas pelo jornal “O Globo” nesta sexta-feira (16) e foram gravadas no dia 8, quando Jairinho e a namorada, Monique, foram presos. De Benfica, o casal foi separado — Jairinho foi para Bangu; Monique, para Niterói.

A TV Globo teve acesso à gravação. No vídeo, Jairinho aparece comendo e conversando com o diretor do presídio, Ricardo Larrubia.

Nesta semana, Larrubia pediu exoneração do cargo.

O RJ1mostrou que o Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) abriu uma investigação para apurar supostas regalias que Monique e Jairinho teriam tido na prisão.

Nesta quinta-feira (15), a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) encaminhou imagens do Presídio de Benfica para o MP.

O que diz a Seap

A Seap informou que, após análise das imagens do circuito interno, “não foi constatado nenhum tipo de irregularidade no momento em que Jairo Souza Santos e Monique Medeiros ingressaram no Presídio José Frederico Marques”.

A secretaria disse, ainda, que foi entregue a Jairinho, em ambiente comum da unidade, o mesmo “kit-lanche” que se oferece a todos os internos que estejam em trânsito para audiências.