Vídeo mostra falta de estrutura operacional e despreparo da polícia do Amazonas

De um lado, há policiais militares de arma em punho, de outro um homem visivelmente desequilibrado emocionalmente, e ainda embriagado. O dono do bar chamou a polícia porque o homem não quer sair do bar e está ameaçadoramente com garrafas de vidro nas mãos. Os policiais pedem pra ele sair, mas ele se nega, e continua balançando a garrafa no ar como se fosse usá-la como arma. Os policiais ameaçam atirar, pessoas que estão no local pedem que eles não atirem, mas o homem que insiste em permanecer no bar, parecendo cada vez mais perturbado mentalmente chega a provocar os policiais para que atirem.  Essa é a imagem inicial de um vídeo enviado ao Radar, através de e-mail, onde aparece a ação de um grupo de policiais militares na Zona Leste. O final da estória você vai ver no vídeo e, temos a certeza, que assim como nós  vai se perguntar onde estão as armas não letais utilizadas pela polícia de outros Estados no combate a criminalidade? Onde estão os sprays de pimenta, os aparelhos de eletrochoque, as balas de borracha, ou o gás lacrimogênio, ou qualquer outra arma não letal que possam imobilizar um cidadão sem ser necessário usar do revólver? Essa definitivamente não é a abordagem correta para essas situações, pondo em risco a integridade física de policiais, mas principalmente podendo causar mortes que poderiam ser evitadas.