Vídeo mostra PM agredindo suspeito já detido em Manaus (ver vídeo)

Foto: Reprodução

Um vídeo divulgado na internet, nos últimos dias, mostra um policial militar não identificado agredindo com chutes um suspeito de assalto deitado no chão, já rendido. O caso, ocorrido na noite do último domingo (18), ganhou grande repercussão nas redes sociais, e levantou opiniões a favor e contrárias a atitude do policial.

De acordo com a Polícia Militar, o caso ocorreu após um motorista de aplicativo ter acionado a 8ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), denunciando um assalto a mão armada. A vítima teria sido rendida por três pessoas, sendo dois homens e uma mulher, um deles com uma faca, que teriam levado seu carro, celular e carteira com R$ 350, fugindo em seguida em direção à Avenida Brasil, na Compensa.

Após a denúncia, os policiais começaram a realizar buscas pelo veículo naquele bairro, e quando passavam pela avenida São Pedro, o carro com os assaltantes passou em frente à viatura. Os policias tentaram interceptar os suspeitos, fazendo sinais sonoros para que eles parassem o carro, porém, o condutor tentou fugir em alta velocidade, realizando ultrapassagens perigosas e vindo inclusive a danificar a viatura policial.

Depois de alguns minutos, os policiais militares conseguiram render os assaltantes na rua 1º de julho, no mesmo bairro. No carro estavam dois homens e uma adolescente, inclusive a faca utilizada para render a vítima, além dos pertences roubados. Os suspeitos foram reconhecidos pela vítima, e foram apresentados no 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde ficarão a disposição da Justiça.

Ao consultar o histórico dos suspeitos, a polícia verificou que o homem que conduzia o veículo roubado já responde a pelo menos outros quatro processos criminais na Justiça, sendo um por homicídio qualificado, dois por furto e um por receptação.

Sobre a suposta agressão durante a abordagem policial, a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) afirmou à reportagem do Radar Amazônico que encaminhou as imagens recebidas para a Corregedoria Geral. De acordo com a SSP, nenhuma denúncia formal sobre o caso havia sido registrada. No entanto, a Corregedoria do Sistema de Segurança Pública informou que um Inquérito Policial Militar sobre o caso foi instaurado.

Em nota, a  Polícia Militar parabenizou os policiais responsáveis pela prisão dos três assaltantes, que segundo a PM, “estavam aterrorizando a população manauara, privando o cidadão de seus bens e colocando em risco a vida de pessoas inocentes”. A Polícia Militar informou ainda que, eventuais excessos que tenham sido praticados por ocasião da prisão serão  apurados pela Instituição.

Confira na íntegra a nota da Polícia Militar:

A Polícia Militar informa que na noite de 18 de outubro do corrente ano policiais militares da 8ª Companhia Interativa Comunitária (8ª CICOM) lograram êxito na prisão em flagrante de dois infratores e na apreensão de uma adolescente envolvidos no roubo de um veículo.

Conforme o Auto de prisão em flagrante delito, os policiais estavam realizando patrulhamento no Bairro da Compensa quando, por volta de 23h35, receberam uma comunicação do CIOPS de que um veículo Ford Ka, cor prata, placas PHE-0498, havia sido roubado de um motorista de aplicativo na Rua Glória, Bairro da Glória. De acordo com as informações repassadas pela vítima, ele foi rendido por três pessoas, sendo dois homens e uma mulher (um  deles portando uma faca), os quais levaram seu veículo, telefone celular e carteira porta cédulas com a quantia de 350 reais, fugindo em seguida em direção à Avenida Brasil, Compensa.

Os policiais, então, começaram a realizar buscas pelo veículo e, no momento em que passavam pela Av. São Pedro, Compensa, o avistaram passando em frente à viatura. Os policiais fizeram sinais sonoros para o motorista parar, porém o condutor empreendeu fuga em alta velocidade, realizando ultrapassagens perigosas e vindo inclusive a danificar a viatura policial. O veículo foi alcançado somente na Rua 1º de Junho, Compensa, tendo seus três ocupantes se rendido: o condutor, um passageiro e uma adolescente.

Foi realizada busca pessoal nos infratores e uma revista no veículo, sendo encontrada a faca utilizada no roubo e todos os pertences da vítima, a qual reconheceu os infratores os bens recuperados. Diante dos fatos, todos os envolvidos foram apresentados no 19º DIP para os procedimentos legais decorrentes.

Ao ser consultado o histórico do infrator que conduzia o veículo roubado, verificou-se que ele já responde a pelo menos outros 4 processos criminais na Justiça, sendo 1 por homicídio qualificado, 2 por furto e um por receptação.

A Polícia Militar parabeniza os policiais responsáveis pela prisão dos três perigosos infratores que estavam aterrorizando a população manauara, privando o cidadão de seus bens e colocando em risco a vida de pessoas inocentes. Eventuais excessos que tenham sido praticados por ocasião da prisão serão devidamente apurados pela Instituição.

Oportunamente, a PMAM reitera seu compromisso de servir e proteger a sociedade amazonense e concita a população a continuar contribuindo para a melhoria dos serviços prestados, reportando não apenas eventuais condutas de servidores (as quais podem ser anonimamente enviadas à Seção de Justiça e Disciplina da PMAM, à Corregedoria ou à Ouvidoria Geral da SSP-AM) mas também denunciando crimes de que tenha conhecimento, desde que não coloquem em risco sua segurança, estando disponíveis para este fins os números 190, 181 e os contatos da CICOM da respectiva área.