Anúncio

Vigilância Sanitária interdita 3 drogarias na zona leste

Por descumprimento das normas sanitárias e funcionamento irregular, três drogarias localizadas na zona Leste da capital foram interditadas, nessa quarta-feira (18), por ação de fiscalização da Vigilância Sanitária (Visa) da Prefeitura de Manaus, em parceria com o Conselho Regional de Farmácia (CRF) do Amazonas.

As drogarias, duas no bairro São José e uma no Coroado, têm agora três dias na Vigilância Sanitária e cinco dias no Conselho Regional de Farmácia para apresentar defesa e solicitar prazo para as adequações necessárias, enquanto isso seguem fechadas.

Foram encontrados pelo CRF-AM suspeita de infração ao Código Sanitário do município e legislações nacionais relativas à vigilância sanitária e atividades farmacêuticas, como indícios da aplicação de injeções, ampolas quebradas e caixas de remédios injetáveis abertas e descartadas. Este tipo de serviço é proibido sem a existência de responsável técnico farmacêutico, sem prévia autorização sanitária e em ambiente impróprio, e por ser considerada uma infração gravíssima, cada uma pode pagar multa de até 100 UFMs (Unidade Fiscal do Município, no valor de R$ 101,78).

Desde janeiro, a Visa já realizou 230 inspeções conjuntas, e no momento tem uma lista de inclui 198 drogarias que são alvo de inspeção, por estarem funcionando ilegalmente. Mas se o ao suspeitar de alguma irregularidade sanitária em drogarias e também em outros tipos de estabelecimento, como supermercados, açougues, padarias, lanchonete, salões de beleza e até hospitais, o cidadão pode entrar em contato com a Ouvidoria da Visa pelo 0800 092 0123.