Violência de gênero é relatada em livro apoiado pela comissão ‘TSE Mulheres’

A Associação Visibilidade Feminina lançou, na sexta-feira (4), a obra Mulheres me Contaram Outro Dia, que apresenta histórias de violência de gênero. A Comissão Gestora de Política de Gênero do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), também conhecida como TSE Mulheres, apoia o lançamento do livro.

A obra foi escrita pela enfermeira Adriana Moro em seus dias de isolamento por conta da pandemia de Covid-19. Segundo a autora, durante o período em que precisou se afastar das atividades profissionais, nasceu a vontade de fazer algo pelas pessoas que estavam sofrendo pelos efeitos do vírus, principalmente pelas mulheres, que, também em isolamento, passaram a sofrer ainda mais violência doméstica.

Segundo a autora, uma forma de ajudar as mulheres nessa situação é adquirir o livro para si ou para presentear alguém. “Com essa iniciativa, faremos uma grande corrente de sororidade (união entre as mulheres, apoiada na empatia) nesses dias tão difíceis, falando sobre situações de violência contra a mulher, mas também repensando o feminino que há em nós, não importando o gênero”, diz Adriana Moro.

Todo o lucro da venda da obra será repassado às instituições que trabalham com questões ligadas à violência contra a mulher.

Detalhes da obra

O livro Mulheres me Contaram Outro Dia tem o intuito de promover a união entre as mulheres por meio da dor que vivenciam ou vivenciaram. A obra foi escrita, editorada, ilustrada, promovida e realizada, em todas as suas etapas, por mulheres.

Segundo a associação Visibilidade Feminina, a publicação foi precedida de diversas conversas e pesquisas com profissionais de saúde mental, pois houve a preocupação com os efeitos que a leitura da obra poderia trazer, uma vez que apresenta cenas de violência explícita.

TSE Mulheres

A Comissão Gestora de Política de Gênero do TSE, além de incentivar a participação das mulheres na política, tem como objetivo estimular a atuação feminina dentro da própria Justiça Eleitoral. Tanto a Comissão quanto o TSE abraçam iniciativas de proteção, valorização e apoio às mulheres vítimas de violência de gênero.

Campanha Conte Comigo

A campanha “Conte Comigo. Juntas somos mais Fortes” foi lançada no último dia 31 pelo presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, com o objetivo de auxiliar mulheres da Justiça Eleitoral que possam estar sendo vítimas de violência de gênero neste momento de pandemia.

A primeira ação da campanha foi a palestra virtual “Violência de Gênero em Tempos de Pandemia”, conduzida pela delegada Sandra Melo, titular da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) do Distrito Federal e autora de vários projetos voltados ao atendimento policial qualificado e humanizado, como o “Brasília Mulher Segura”.

O evento contou com a participação de Júlia Barcelos, assessora da Presidência do TSE, e da colaboradora do Tribunal e analista comportamental especializada na área familiar, Vera Sales. A mediação do encontro foi feita pela assessora do TSE Polianna Santos, fundadora do projeto Visibilidade Feminina.

(*) Informações do Tribunal Superior Eleitoral