Vítima rastreia telefone roubado e acha suspeito de cometer arrastão em café de Manaus

Comparsa de "Rodriguinho" ainda não foi localizado pela polícia

“Rodriguinho” foi preso na última quinta-feira, após supostamente cometer um arrastão em uma banca de café da manhã localizada no bairro do Coroado. Ele estava na companhia de um comparsa em uma motocicleta e já desceram no estabelecimento anunciando o assalto.

Após o crime, uma das vítimas procurou a polícia para informar que teve o celular roubado mas que já tinha rastreado e passou o local para a polícia. O GPS do celular apontou o celular na rua da Paz, no bairro Colônia Antônio Aleixo.

Assim que chegou ao local, a equipe começou às buscas e encontrou Rodriguinho. Durante a abordagem, ele confessou o roubo e entregou o celular da vítima. Além disso, ele revelou onde estavam a arma falsa usada no crime, além da moto utilizada pela dupla.

Ele ainda apontou que os outros telefones estavam com seu comparsa, que faria a venda. Eles foram até o bairro Grande Vitória, onde mora o comparsa, mas não localizaram o segundo suspeito. Após isso, Rodriguinho foi preso em flagrante e encaminhado ao 28° Distrito Integrado de Polícia (DIP).