Você acredita no corpo ideal? Nutricionista dá dicas importantes no Radar Amazônico

Papo Calcinha da Nika (amo essa denominação rs) chega, chegando com um tema que vem mexendo com a cabeça da mulherada quando se trata de boa forma. Entrevistamos a  Nutricionista Raisa Lima de Sousa, 25 anos (empoderada a moça, viu), que atua há 6 anos no mercado, em Área Hospitalar, Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e Clínica. Ela falou um pouquinho da busca constante pelo corpo ideal, os riscos e a importância de um acompanhamento profissional.

Melhor momento da entrevista foram as declarações pessoais de Raisa, clarooo que eu tinha que entrar na vida pessoal né, genteinn!! Afinal, esse espaço é pra fofocar de ‘forma saudável’ da vida dos outros e evidenciar o trabalho feminino que ganha espaço no mercado e empodera o nosso sexo.

A principal dica dela para quem procura o ‘corpo ideal’ é que acima de tudo é necessário amar a si próprio, daí por diante é que entra o fator alimentação e atividades físicas. Então, gatas, comecem um exercício interior de autoestima e bola pra frente.

Confiram o bate-papo :

Tendo como base a variedade de peixes e pratos “meio exóticos” do Amazonas, como você avalia a cultura alimentar de nossa região?

Raisa Lima: Nutricionalmente rica e variada. Têm variedade de peixes e Panc’s (Plantas Alimentícias Não Convencionais), frutas oleosas ricas em vitaminas lipossolúveis e castanhas cheias de minerais, importantes para o nosso organismo.

A má alimentação oferece quais riscos às mulheres de forma geral? Quais os principais?

Raisa Lima: A má alimentação pode oferecer riscos às mulheres como a osteoporose, menopausa precoce, infertilidade, hipertensão, diabetes mellitos (excesso de açúcar no sangue), além de riscos durante a gestação.

Qual o momento certo para alguém procurar um Nutricionista?

Raisa Lima: Em qualquer momento da vida é importante procurar um nutricionista clinico, principalmente para a prevenção de doenças. Mas também para melhorar o rendimento profissional e escolar, recuperação ou preparação cirúrgica, preparação de exames, para melhorar a saúde e preparação para uma vida mais saudável, além da recuperação de doenças crônicas.

Como uma boa alimentação pode interferir na vida de quem pratica atividades físicas?

Raisa Lima: A alimentação orientada por um nutricionista pode interferir positivamente na vida de uma pessoa que faz atividade física. Pode dar mais rendimento e recuperação adequada ao organismo do indivíduo, prevenindo, assim, lesões e fadigas desnecessárias. além de um resultado mais rápido e favorável.

Com essa onda ‘fitness’ que tomou conta do país, que conselhos você daria para alguém viver melhor?

Raisa Lima: Procure profissionais habilitados para orientá-lo! A pessoa vai economizar tempo e dinheiro. A busca pelo corpo ideal é uma luta constante, mas as pessoas estão procurando por alimentos e produtos milagrosos, pulando assim a parte mais importante: a reeducação do corpo e da mente.

Que cuidados que devem ser tomados para quem deseja reeducar a alimentação e ter qualidade de vida?

Raisa Lima: Procurar orientação de um nutricionista habilitado. Além disso, procurar ter hábitos e pensamentos mais saudáveis, alimentar-se bem, fazer alguma atividade física e dormir bem. É a receita do sucesso!

Quantas vezes por semana uma pessoa deve fazer atividades físicas para manter a forma?

Raisa Lima: Pelo menos 3 vezes por semana, sendo orientado por um profissional de educação física habilitado.

Existe algum item, produto ou ingrediente que não pode faltar em uma alimentação saudável? 

Raisa Lima: Água! Bebam água mineral, é o melhor detox que a pessoa pode fazer.

Qual a diferença entre Nutrição Funcional x Alimentos Funcionais?

Raisa Lima: A Nutrição Funcional trabalha com a individualidade bioquímica e os efeitos dos alimentos no organismo. Já Alimentos Funcionais são alimentos ou ingredientes que oferecem benefícios à saúde, além de suas funções nutricionais básicas.

Quais os fatores que o nutricionista leva em conta ao elaborar uma dieta para alguém?

Raisa Lima: a Anamnese (questionário) do paciente inclui: avaliação física, bioquímica, recordatório alimentar, atividade física, presença de patologias, entre outras individualidades.

Quando você decidiu que seria Nutricionista?

Raisa Lima: Sempre gostei de pesquisar sobre alimentação saudável, via que muitas pessoas tinham dúvidas sobre isso. nos testes vocacionais sempre diziam que trabalharia com pessoas, cálculo e que teria muita bioquímica inclusa, a nutrição abrange todos esses fatores.

Como você se sente auxiliando as mulheres a ficarem mais bonitas e de bem com o corpo?

Raisa Lima: Super bem! A maioria das mulheres procuram o “corpo ideal”, que sinceramente não existe. Para ficar bem com o corpo, primeiramente, a mulher precisa amá-lo e respeitá-lo, para assim, alimentá-lo e conseguir os objetivos futuros.

Se sente realizada com a sua profissão?

Raisa Lima: Sim, cada dia mais! Quando escolhi essa profissão, há mais de 10 anos, me disseram que seria a profissão do futuro, hoje posso comprovar isso.  Amo o que faço e faço com respeito a mim e aos meus clientes.

Você como mulher, profissional, que dica daria para levantar a autoestima das mulheres?

Raisa Lima: Ame-se! respeite o seu corpo e sua mente. Arrume-se e cuide-se para você, e assim viverá mais e com qualidade de vida. Pense em onde e como você gostaria de estar daqui a 10 anos e trace metas e planos. Alimente-se bem, faça alguma atividade física, durma bem, tenha relacionamentos saudáveis. Sorria!

Arrasastes, Raisa!!! 

Locais de atendimento da nutricionista Raisa Lima:

Hapvida (nutricionista clinica);

Personal Diet (atendimento a domicílio, cafeteria, supermercado…);

Atendimento em parceria com cirurgiões (orientação de dieta pré e pós cirúrgica).

Palestras

Email: raisa_@hotmail.com