Voluntários de organização humanitária são proibidos de entregar refeições no hospital Delphina Aziz

A organização humanitária Cáritas, que faz parte da igreja Católica, e que tem como uma de suas ações as doações de alimentos nas unidades de saúde de Manaus, foi proibida de fazer isso no Hospital Delphina Aziz, na zona Norte de Manaus. De acordo com o coordenador do projeto, Antônio Fonseca, a entrada dos voluntários foi barrada pela direção do hospital e até a tenda que era utilizada para fazer a distribuição dos alimentos foi retirada.

“Nós distribuímos almoço nos SPAs e hospitais para os acompanhantes e também para os profissionais de saúde que, em muitos locais, não recebem alimentação. Ontem a nossa equipe foi expulsa de uma tenda onde estava destinada a distribuição de alimentos no Delphina e agora estamos na rua debaixo de um árvore. Hoje pela manhã a tenda sumiu”, disse Antônio Fonseca.

Antônio Fonseca ressaltou ainda, sobre a dificuldade que as pessoas enfrentam para se alimentar naquela unidade de saúde, que devido a sua localização, não há nas proximidades restaurantes ou lanchonetes. Antes da proibição eram distribuídas cerca de 100 quentinhas por dia. “Ontem conversamos com algumas pessoas e nem café eles tinham tomado porque não tem onde”, disse.

A unidade hospitalar é administrada por empresa privada e por isso já foi protocolado pedidos de autorização para a volta das doações, mas até agora a autorização ainda não foi cedida.

O Radar entrou em contato com a assessoria do Governo do Amazonas para pedir esclarecimentos a respeito desta proibição desumana, que acaba deixando os acompanhantes de pacientes e profissionais de saúde passarem fome. Por meio de nota o governo explicou que a OZN Health, em respeito às restrições sanitárias exigidas pela pandemia, realiza rotineiramente o controle de ações e atividades com o objetivo de evitar aglomeração de pessoas no entorno da unidade hospitalar.

A concessionária esclarece ainda, que o setor de nutrição da unidade está disponível para acompanhar qualquer tipo doação de alimentos, porém ressalta que o recebimento e distribuição desses alimentos deverão ser supervisionados e acompanhados pela Comissão e Controle de Infecção Hospitalar (CCIH)

Confira a nota na íntegra

Conforme a OZN Health, concessionária responsável pelo serviços não assistenciais do Hospital Delphina Aziz, unidade referência para o tratamento da Covid-19 no Amazonas, em respeito às restrições sanitárias exigidas pela pandemia, realiza rotineiramente o controle de ações e atividades com o objetivo de evitar aglomeração de pessoas no entorno da unidade hospitalar.

A concessionária esclarece que o setor de nutrição da unidade está disponível para acompanhar qualquer tipo doação de alimentos, porém ressalta que o recebimento e distribuição desses alimentos deverão ser supervisionados e acompanhados pela Comissão e Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) que avaliam o risco quanto ao controle das infecções hospitalares.