Wilker Barreto critica suspensão de distribuição do “Leite do Meu Filho” (ver vídeo)

Foto: Aleam

Em sessão ordinária da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), realizada nesta quinta-feira (4), o deputado estadual Wilker Barreto (Podemos) criticou a suspensão da distribuição de composto lácteo do programa “Leite do Meu Filho”.

Em plena pandemia da Covid-19, o prefeito de Manaus, David Almeida (Avante), interrompeu, desde o dia 1º de março, o fornecimento do produto às famílias de crianças de três anos à quatro anos e 11 meses.

“Me preocupa quando vejo a notícia de que, em plena pandemia, o ‘Leite do Meu Filho’ sofre a diminuição daquilo que é mais sagrado: o alimento. Qual a mãe que nesse momento difícil vai conseguir alimentar seu filho com o fechamento dos postos de trabalho e escassez de emprego?”, indagou Wilker, sendo o único parlamentar que se mostrou contrário à suspensão.

Barreto disse, ainda, estar assombrado com a “simplicidade” com que o chefe do Executivo Municipal tratou a situação. “Eu fico assombrado com o argumento do prefeito, por meio de nota, nas páginas oficiais da prefeitura, ao afirmar que o fornecimento ocorreu por questões administrativas. Para ele, a perda do fornecimento é uma coisa administrativa, simplória”, lamentou.

Aproveitando a ocasião, Wilker pediu que as famílias que perderam o benefício possam ser inseridas no programa emergencial da prefeitura.

(*) Com informações da assessoria