Wilker põe sob suspeição rapidez na entrega de relatório e na votação do impeachment do governador e vice

Foto: Reprodução

“De médico a melhor jurista do Amazonas”. Com essa declaração, o deputado estadual Wilker Barreto (Podemos) repudiou o que ele classifica como “açodamento” do deputado Dr. Gomes (PSC), relator da Comissão Especial que julga o impeachment do Governador Wilson Lima (PSC) e do Vice-Governador Carlos Almeida (PTB) , por crime de responsabilidade.

“Na segunda-feira, Dr.Gomes disse que não tinha tempo hábil para analisar todo o processo e como isso muda em 48 horas?”, questiona Wilker Barreto. Ele também chamou de “atitude desleal” o fato da comissão já colocar pra votar nesta sexta-feira (31) o relatório do deputado-relator Dr. Gomes.

Wilker questionou o fato de um assunto tão importante e que, segundo ele, necessita de análise prévia e responsável ser avaliado de forma tão rápida.

“Será que é medo porque na próxima segunda voltam os trabalhos do STJ (Superior Tribunal de Justiça), volta o relator a apreciar a Operação Sangria? Será que é medo de outra operação? Será que é medo da opinião pública pressionar e cobrar justamente essa Casa. A peça foi entregue hoje (30/07), teremos poucas horas para ler, no intuito claro de prejudicar a oposição e o povo do Amazonas”, critica Barreto.