Wilson Lima vai cumprir decisão judicial para fechamento do comércio não essencial por 15 dias

Foto: Luis Mendes

O governador do Amazonas, Wilson Lima, decretou o cumprimento da decisão judicial que determinou, a pedido do Ministério Publico do Estado (MPAM), o fechamento do comércio não essencial por 15 dias.

No decreto nº 43.269, divulgado nesta segunda-feira (4), o Governo determina que a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) e os órgãos do Sistema de Segurança Pública cumpram a decisão judicial publicada no sábado (2) pelo juiz plantonista Leoney Harraquian.

Segundo o Governo “Em virtude do disposto no artigo anterior deste Decreto, fica repristinado o Decreto nº43.234, de 23 de dezembro de 2020, que “Dispõe sobre medidas para o enfrentamento da emergência de saúde publica de importância internacional, decorrente do novo coronavírus”. Ou seja, o decreto do dia 28 de dezembro, que flexibilizava o comércio passa a ficar sem valor e o comércio não essencial volta a ser fechado de forma total.

(clique para zoom)