Anúncio Advertisement

Wilson, tou na bronca contigo!

Wilson, o que foi que aconteceu contigo? Cadê o cara que dizia que ia assumir todas as broncas do meu Estado, que ia pra briga pelos mais pobres, pela população da minha terra. Nesse tempo tu falava grosso e bronqueava com todo mundo. Agora, ao menor sinal de confusão à vista você some e come abiu!

Como pode Wilson alguém ver esse ministro Paulo Guedes, na cara de pau “plantar” fake News – algo tão usado pelo governo Bolsonaro desde a campanha eleitoral – contra a Zona Franca de Manaus na imprensa nacional e não esboçar nenhuma reação. Chama teus colegas de imprensa Wilson, mas não pra fazer selfie como tu costuma fazer, e sim assumir a bronca contra esse mentiroso que está nos atacando covardemente na imprensa nacional – até eu vou correndo pra entrar nessa briga contigo Wilson!

Não precisa nem esculhambar esse cara – coisa que eu faria, logicamente! – mas pelo menos fala grosso colega e mostra pro País que o nosso modelo de desenvolvimento deveria era ser copiado e não destruído. Uma indústria sem chaminés, que ajuda a manter o equilíbrio ecológico do planeta, que gera milhares de empregos aqui e em outros Estados e que gera impostos para o País sim! Dinheiro que muitas vezes o Governo Federal não devolve para o Amazonas.

Bem que você podia Wilson pegar aqueles milhões que você está gastando com propaganda em horário nobre, veiculando vinhetas nas quais ninguém acredita e pras quais muita gente torce a boca, e colocar um vídeo em nível nacional pra mostrar pra essa gente o que a Zona Franca de Manaus significa pra esse Estado e pro País e, ecologicamente falando, até para o planeta! E o quanto são mentirosas as afirmações feitas pelo Chicago Boys, filhote da Ditadura Chilena de Pinochet, Paulo Guedes e sua trupe de xerimbabos.

Não precisa nem bronquear de vez com esse Governo Federal que você ajudou eleger não! Basta mostrar qual é a verdade sobre a nossa Zona Franca! Lembra que é o governador desse povo, por favor! E aí eu não vou mais estar na bronca contigo, tá Wilson!