Zé Ricardo cobra do Governo do AM e Prefeitura de Manaus laudos que comprovem segurança das aulas presencias

Foto: divulgação

O deputado federal Zé Ricardo (PT/AM) afirmou que o retorno das aulas é contra a própria campanha divulgada pelo Governo do Amazonas, onde afirma que imunização completa contra a Covid-19, é somente após a segunda doze. Diante disso, o deputado está cobrando, via ofícios, qual órgão técnico fez inspeção no Plano de Segurança dos volta às aulas, tanto da Secretaria Municipal de Educação (Semed) quanto da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), bem como cópia dos respectivos relatórios ou laudos técnicos que garantem o retorno seguro de milhares de estudantes e professores às escolas do Amazonas.

Ele lembrou que somente na semana passada os profissionais da educação começaram a ser vacinados com 1ª dose da vacina e que essa medida seria uma precipitação e falta de responsabilidade do Governo do Estado e da Prefeitura de Manaus.

Alunos e profissionais da educação da rede municipal de Manaus voltam às salas de aulas nesta segunda (31). Já na rede estadual de ensino de Manaus, as aulas presenciais retornam amanhã. No interior, a escolas estaduais já estão funcionando desde a semana passada, de forma híbrida (alternando entre presencial e virtual). Esses anúncios acontecem em meio ao aumento da taxa de ocupação nos hospitais e o risco da pandemia voltar para a fase vermelha. Pesquisadores da Fiocruz já afirmam que o Amazonas pode viver uma terceira onda da doença.

“A pandemia no Amazonas não acabou e as escolas não estão preparadas para o volta às aulas com segurança. Ainda é grande o número de infectados e mortes. Os pesquisadores falam que estamos entrando na terceira onda e o próprio Governo já alertou para essa realidade. Os profissionais da educação não estão com a imunização completa e os estudantes não estão sendo vacinados. E quem diz isso é o próprio Governo. É grande o risco das contaminações e de agravamentos da doença. Tanto que o Sindicato e os professores realizaram hoje manifestação, por meio de carreata, contra as aulas presenciais em Manaus. Estou cobrando relatórios e laudos que atestem a garantia de retorno às salas de aula. Não podemos colocar a vida de milhares de estudantes e professores em risco pela decisão irresponsável do governador e agora do prefeito, frisando que apoio a greve dos professores, até que todos sejam imunizados”, declarou Zé Ricardo.

O parlamentar lembrou ainda que a experiência de retorno às aulas em 2020 mostrou que essa medida do Governo do Estado foi precipitada. Muitos professores foram infectados e morreram, como ainda estudantes e demais funcionários das escolas. O deputado chegou a denunciar essa situação nos Ministérios Públicos Estadual (MPE) e Federal (MPF), por conta de constantes falhas nas prevenções sanitárias nas escolas, cobrando providências e também o aval dos Conselhos de Educação.

“Não houve e tudo indica que ainda não há deliberação oficial dos Conselhos Estadual e Municipal de Educação para essa volta às aulas presenciais no Estado.

(*) Com informações da assessoria