Zé Ricardo é alvo de fake news com proposta de projeto de lei que criminaliza sinuca

Não existe nenhuma propositura do parlamentar com esse teor

zé ricardo feriados

Foto: Reprodução/TV Câmara

O deputado federal José Ricardo (PT) virou alvo de fake news ao ser apontado, em imagem que circula nas redes sociais, como autor de um projeto de lei que criminaliza o jogo de sinuca por ser “racista”.  Sobre isso, o parlamentar se manifestou através de nota que “é mais uma fake news (notícia falsa) que surge próximo das eleições”.

A notícia falsa foi espalhada na internet através de uma imagem que simula um print de uma matéria do G1 com o seguinte título: “Projeto de lei 4674/2021 de autoria do deputado José Ricardo PT-AM para proibir as partidas de sinuca por ser um jogo racista”. Abaixo do título, o texto diz que o deputado entende que, no jogo, a supremacia racial é representada pela bola branca e “tem objetivo de derrubar a bola preta”.

Já é comprovado que  não existe projeto de lei na Câmara dos Deputados de autoria do deputado federal José Ricardo com esse teor. As propostas do deputado podem ser consultadas através do site da Câmara.

O deputado do Amazonas atribui a conduta a bolsonaristas. “Isso certamente está incomodando [os apoiadores de Bolsonaro]. Porque sabemos que essa é a prática dessa turma: mentiras, calúnias, difamações. E ao mesmo tempo, a gente sabe que próximo das eleições essa é uma prática deles também”, afirmou o parlamentar.

G1

O próprio site G1 negou que tenha publicado notícia com esse teor. “A imagem do print foi obtida por meio da manipulação do código-fonte da página, o que permite manter o logotipo e o padrão visual, mas alterar o título e o subtítulo. Além disso, outro detalhe denota a falsidade: o título não segue o padrão adotado pelo g1 ao usar ponto final”, informou o site.

Confira a nota do deputado na íntegra: 

“Fake News, mais uma vez, sendo propagada nas redes sociais para tentar atingir a honra, a vida e a história de políticos brasileiros. Desta vez, estão veiculando mentiras contra mim. Estão dizendo que eu sou autor de um projeto fictício, inexistente, que trata da proibição do jogo de sinuca, como sendo um jogo racista. E insinuam com palavras que eu estaria defendendo esse tipo de projeto. Isso é uma mentira. É mais uma fake news que surge próximo das eleições. O portal G1, o qual foi utilizado de forma criminosa como sendo o veículo que publicou a falsa matéria, já desmentiu. As agências de checagem Boato.Org e o Fato ou Fake também já confirmaram que a matéria é uma fake news praticada novamente por um bolsonarista, que vem agindo nas sombras, tentando atingir quem está lutando em defesa dos trabalhadores e denunciando os desmontes, os desmandos e as ações de morte do governo Bolsonaro. Isso certamente está incomodando. Porque a gente sabe que essa é a prática dessa turma: mentiras, calúnias, difamações. E ao mesmo tempo, a gente sabe que próximo das eleições essa é uma prática deles também. Estão com medo, estão preocupados, pois já sabem que acabou esse governo, que está acabando com a vida da população. Por isso, estamos denunciando na Justiça e pedindo apurações e a responsabilização dos autores dessa Fake News. Não podemos admitir e nem permitir que mentiras, calúnias e difamação continuem prejudicando a vida das pessoas”.

 (*) Com informações da assessoria